Divulgação do lançamento do livro Fora da Linha no site www.podcultura.com.br

Empreendedora e consultora de idiomas, a autora quer promover, em seus 127 poemas, um questionamento sobre a complexidade do comportamento humano e das suas interações. “Minha poesia é inspirada em sentimentos e emoções cotidianas, é uma reflexão sobre a beleza do amor entre as pessoas e a falta que elas fazem quando estão distantes”, diz a poeta.

http://www.podcultura.com.br/fora-da-linha-livro-de-estreia-de-ligia-velozo-crispino-sera-lancado-em-18-de-fevereiro-na-livraria-cultura.103.6461

A Vontade e o Medo

Um dos poemas que fazem parte do Fora da Linha, registrando a luta… a dualidade entre a vontade que temos e o medo de colocá-la em prática:

Ela é voluntariosa

Egoísta

Impetuosa.

Ele é intimidador

Neurótico

Repressor.

Ela quer, ele condena

Ela avança, ele recua

Ela insiste, ele proíbe

Ela faz…

Ele pune.

Toque

Essa poesia faz parte do Fora da Linha:

TOQUE 

Arrepio intenso

Profundo

Ultrapassa minha pele

Derreto

Acelero

Me esqueço

Estremeço

Me entrego

Enlouqueço…

 

Fora de Linha

“Fora de Linha, sua estreia nas linhas da poesia, mostra seu eu-lírico com uma força na dicotomia do ser e ter e já de cara nos encontramos nelas. Atire a primeira pedra quem não enfrentou esse dual e não se viu interrogando, duvidando, questionando sobre quem você é! Perguntas da adolescência e de todas as idades. E saibam que Lígia é uma mulher firme em convicções e determinada em seus objetivos, mas com suavidade nos faz docemente balançar sobre as diversas faces da vida. Às vezes, saborosa e, outras vezes, pegajosa e asquerosa como o “Quiabo”, não duvidem. Acreditem, gosto desse fruto como de pessoas fazendo o contraponto. Gosto de amargor, mas nutre.

Se ler Fora da Linha é um delicioso caminhar sobre pétalas do pensar, introduzir o leitor nesse universo é para mim, simplesmente, um sublime rascunhar. Tudo já foi pensado e orquestrado pela poeta.”

Trecho do prefácio escrito pelo meu amigo Sergio Sesiki

Por que Fora da Linha?

1004501_625057080861320_587554514_n

Fora da Linha é o meu primeiro livro de poesia. É Fora da Linha porque pretende não aceitar os limites que, muitas vezes, nós mesmos acabamos nos impondo ao longo da vida. É pensamento Fora da Linha, assim como, quando crianças, escrevíamos ou desenhávamos além das linhas.

Essa foto foi tirada durante meu batismo no Corujão da Poesia em julho de 2012, no Rio de Janeiro. Eu pude ler duas poesias que fazem parte do livro.

Permita-se pensar, refletir, agir Fora da Linha!

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑