Fora de Linha

“Fora de Linha, sua estreia nas linhas da poesia, mostra seu eu-lírico com uma força na dicotomia do ser e ter e já de cara nos encontramos nelas. Atire a primeira pedra quem não enfrentou esse dual e não se viu interrogando, duvidando, questionando sobre quem você é! Perguntas da adolescência e de todas as idades. E saibam que Lígia é uma mulher firme em convicções e determinada em seus objetivos, mas com suavidade nos faz docemente balançar sobre as diversas faces da vida. Às vezes, saborosa e, outras vezes, pegajosa e asquerosa como o “Quiabo”, não duvidem. Acreditem, gosto desse fruto como de pessoas fazendo o contraponto. Gosto de amargor, mas nutre.

Se ler Fora da Linha é um delicioso caminhar sobre pétalas do pensar, introduzir o leitor nesse universo é para mim, simplesmente, um sublime rascunhar. Tudo já foi pensado e orquestrado pela poeta.”

Trecho do prefácio escrito pelo meu amigo Sergio Sesiki

Anúncios

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑